A Estrada Dourada da Salvação: Justificação, Reconciliação, Adoção, Santificação, Glorificação

O que acontece no momento em que você aceita o Filho de Deus, Jesus Cristo, como seu Salvador e Mestre? Muitas pessoas acreditam que você recebeu a vida eterna naquele instante. Mas a verdade é que a estrada para a vida eterna é uma jornada para toda a vida, e a vida eterna é apenas uma parte do pacote de bênçãos que vêm com a salvação para um cristão fiel. Aqui, vamos explorar os vários estágios da salvação e suas bênçãos e privilégios eternos.

Etapa 1: Justificativa

Finja que hoje você aceitou a Cristo como seu Salvador e Senhor, reconhecendo seus pecados, confessando-os e buscando o perdão de Deus, e se submetendo voluntariamente à vontade e aos mandamentos de Deus para governar o resto de sua vida. No momento em que você se arrepende voltando-se para Cristo, você é justificado por sua fé.

A justificação pela fé é receber a declaração de justiça. Deus o declara justo, com todos os seus pecados passados ​​perdoados, quando você coloca fé em Seu Filho. Seu prato de pecados foi limpo. Como resultado, você se tornou uma nova criação com um novo começo: “As coisas velhas já passaram. Veja, todas as coisas se tornaram novas.” (2 Coríntios 5:17, WEB)

Estágio 2: Reconciliação

A justificação traz reconciliação. Antes de aceitar Jesus Cristo em seu coração e vida, você era um inimigo de Deus devido ao seu estilo de vida pecaminoso (Colossenses 1:21; Romanos 5:10). Mas, uma vez que você é justificado pela fé, você está reconciliado com Deus, onde o muro de hostilidade entre Deus e você foi derrubado.

Porque você foi justificado e reconciliado, você agora é abençoado com a paz com Deus. “Paz com Deus” é um elemento essencial e fundamental da comunhão com Deus. Você não pode ter um relacionamento com Deus sem paz. Essa paz é também a paz que o ajuda a permanecer em paz durante as adversidades da vida. Essa paz é concedida por Deus, não desenvolvida por você. Somente quando você estiver justificado e reconciliado, você terá essa paz.

Etapa 3: Adoção

Como alguém que foi justificado e reconciliado, você agora foi adotado como filho de Deus. É a partir desse momento que você pode chamar Deus de “Abba” (“Pai”) (Romanos 8:15). Assim, embora Deus seja o Criador de cada pessoa, Ele é o Pai apenas daqueles que aceitaram Seu Filho. A filiação só vem por meio de Jesus Cristo.

Como filho adotivo de Deus, você se tornou o herdeiro de Deus e um co-herdeiro com Jesus Cristo. O herdeiro de Deus será glorificado junto com Jesus Cristo (Romanos 8:17). A glorificação é o estágio final da salvação, que abordarei mais tarde.

Etapa 4: Santificação

Após a adoção na família de Deus, sua nova vida começou de acordo com a vontade de Deus. Neste estágio da salvação, Deus gradualmente e firmemente o moldará na pessoa que Ele deseja que você seja. Ele desenvolverá em você o fruto do Espírito Santo, que são qualidades semelhantes às de Cristo que incluem amor, paz, alegria, paciência, bondade, bondade, fé, mansidão e autocontrole (Gálatas 5: 22-23). Esta é a santificação progressiva, o processo de separar você para o uso e propósito sagrado de Deus, conformando-o à imagem espiritual de Jesus (Romanos 8:29; 1 Tessalonicenses 4: 7).

Os primeiros três estágios – justificação, reconciliação e adoção – são todos trabalhos feitos exclusivamente por Deus. Mas o processo de santificação é um trabalho em equipe: você tem que trabalhar com Deus para cumprir a vontade de Deus em sua vida. Você tem que cooperar obedecendo a Sua voz e permitindo que Ele conduza sua vida.

Como Deus irá guiá-lo e guiá-lo para segui-Lo? Ele o guiará por meio de Seu Espírito Santo, que Ele deu a você quando você aceitou Seu Filho para sua salvação. O Espírito Santo irá regenerá-lo, amadurecê-lo espiritualmente e santificá-lo para as boas obras (Tito 3: 5; Efésios 2:10).

Conforme o Espírito Santo o guia, você tem a escolha de obedecer ou desobedecê-lo. Deus não tira o seu livre arbítrio. Portanto, depende de você se você vai viver de acordo com a vontade de Deus como um verdadeiro filho de Deus ou se rebelar contra ele.

Ouça o que Jesus disse: “Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia, ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em Teu nome, em Teu nome expulsamos demônios, e em Teu nome fizemos muitas obras poderosas?’ Então direi a eles: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim, vocês que praticam a iniqüidade. ” (Mateus 7: 21-23)

Sim, o estágio de santificação da salvação é um estágio crucial! Se você deixar de fazer a vontade de Deus e deliberadamente continuar pecando depois de aceitar Jesus Cristo, então uma “certa expectativa terrível de julgamento” o aguarda:

“Pois se pecarmos voluntariamente depois de recebermos o conhecimento da verdade, não haverá mais sacrifício pelos pecados, mas uma certa expectativa temerosa de julgamento e uma ferocidade de fogo que devorará os adversários. Um homem que desconsidera Moisés ‘ a lei morre sem misericórdia pela palavra de duas ou três testemunhas. Quanto pior punição, você acha, ele será julgado digno de quem pisou o Filho de Deus e contou o sangue do pacto com o qual ele foi santificado uma coisa profana e insultou o Espírito da graça? Pois nós conhecemos aquele que disse: ‘A vingança me pertence’, diz o Senhor, ‘Eu retribuirei.’ Novamente, ‘O Senhor julgará seu povo’. É uma coisa terrível cair nas mãos do Deus vivo. ” (Hebreus 10: 26-31)

“Pois com relação àqueles que uma vez foram iluminados e provaram do dom celestial, e foram feitos participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus e os poderes do século vindouro, e então caíram, é impossível renová-los novamente para o arrependimento; vendo que eles crucificam o Filho de Deus novamente para si mesmos, e o expõem à vergonha. Pela terra que tem bebido a chuva que muitas vezes cai sobre ela e dá uma safra adequada para eles por amor de quem ela também é cultivado, recebe a bênção de Deus; mas se produz espinhos e abrolhos, é rejeitado e está perto de ser amaldiçoado, cujo fim é ser queimado. ” (Hebreus 6: 4-8)

Na verdade, você foi justificado por sua fé. Mas entendam que a fé sem obras é morta: “De que adianta, meus irmãos, se um homem disser que tem fé, mas não tiver as obras? A fé pode salvá-lo? E se um irmão ou irmã estiver nu e sem alimento diário , e um de vocês lhes diz: ‘Vá em paz, aqueça-se e festeje’; e ainda assim você não deu a eles as coisas que o corpo precisa, de que adianta? Mesmo assim, a fé, se não tiver obras, está morta em si mesmo. Sim, um homem dirá: ‘Você tem fé e eu tenho as obras.’ Mostre-me a sua fé sem obras, e eu pelas minhas obras mostrarei a você minha fé. ” (Tiago 2: 14-18)

Até os demônios acreditam em Deus (Tiago 2:19), mas eles receberão a salvação? Não, a menos que se arrependam e provem que sua fé é genuína pelas obras.

Leia o que a Palavra de Deus diz sobre a fé e as obras trabalhando juntas para a justificação:

“Não foi nosso pai Abraão justificado pelas obras, visto que ofereceu seu filho Isaque no altar? Você vê que a fé trabalhou com suas obras, e pelas obras a fé foi aperfeiçoada; e a Escritura foi cumprida que diz: ‘Abraão creu Deus, e isso lhe foi imputado como justiça ‘; e ele foi chamado de amigo de Deus. Você vê então que pelas obras o homem é justificado, e não apenas pela fé. Da mesma forma, Raabe não era a prostituta também justificada pelas obras, porquanto recebeu os mensageiros e os enviou por outro caminho? Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem as obras é morta ”. (Tiago 2: 21-26)

A santificação durará toda a sua vida. Como uma criança que não consegue amadurecer fisicamente da noite para o dia, você alcançará a maturidade espiritual gradualmente, à medida que viver e aprender dos princípios de Deus na Bíblia. Sempre que você pecar, terá que confessar seus pecados a Deus, que o perdoará (1 João 1: 9).

Vivendo de acordo com a vontade de Deus, você experimentará uma alegria incomensurável ao ter comunhão com seu Criador e Seu Filho: “Deus é luz e nele não há trevas. Se dissermos que temos comunhão com ele e andarmos nas trevas , mentimos e não dizemos a verdade, mas se andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado. ” (1 João 1: 5-7)

“Em que [in God’s salvation] você se regozija muito, embora agora por pouco tempo, se necessário, você tenha sofrido várias provações, que a prova de sua fé, que é mais preciosa do que o ouro que perece, embora seja testado pelo fogo, pode ser encontrado para resultar em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo – a quem você não sabe que ama; no qual, embora agora não o vejas, mas crendo, muito te alegras, com gozo inexprimível e cheio de glória. ”(1 Pedro 1: 6-8)

Estágio 5: Glorificação

Quando Jesus retornar à Terra em sua segunda vinda, ele será revelado em toda a sua glória (Lucas 9:26). Após sua chegada, todos os cristãos que já faleceram serão ressuscitados para encontrá-lo no céu (1 Tessalonicenses 4:17).

Jesus “mudará o corpo de nossa humilhação para ser conforme o corpo de sua glória”. (Filipenses 3:21) Assim, após a sua ressurreição como cristão, você será revelado em sangue, assim como nosso Senhor Jesus Cristo (1 João 3: 2). Você será ressuscitado incorruptível, pois “este corruptível deve revestir-se de incorrupção, e este mortal deve revestir-se da imortalidade … então o que está escrito acontecerá: ‘A morte foi tragada pela vitória.'” (1 Coríntios 15:53, 54 )

Este, meu amigo, será o estágio final de sua salvação. Você foi primeiro justificado, santificado e agora glorificado. Como um novo indivíduo glorificado, você nunca experimentará ou conhecerá novamente a dor, doença, sofrimento ou morte (Apocalipse 21: 4). Em vez disso, você viverá em amor, paz e segurança na presença de seu Criador, Yahweh Deus Todo-Poderoso, e de Seu Filho, Jesus Cristo, seu Salvador, por toda a eternidade (Apocalipse 21: 3; Apocalipse 22: 3-5).

É por isso que “os sofrimentos do tempo presente não são dignos de serem comparados com a glória que nos será revelada”. (Romanos 8:18)

Portanto, não devemos desmaiar com nossos sofrimentos e dificuldades atuais; embora estejamos decaindo exteriormente, ainda assim estamos sendo renovados espiritualmente dia a dia, pois “nossa leve aflição, que é para o momento, trabalha para nós cada vez mais excessivamente um peso eterno de glória; enquanto não olhamos para as coisas que se veem, mas as que não se veem. Pois as que se veem são temporais, mas as que não se veem são eternas ”. (2 Coríntios 4: 17-18)

Vamos todos orar para que, após a nossa morte, possamos ecoar as palavras do apóstolo Paulo: “Combati o bom combate. Terminei a carreira. Guardei a fé. De agora em diante, está guardada para mim a coroa da justiça, que o Senhor, o justo juiz, me dará naquele dia; e não apenas a mim, mas também a todos aqueles que amaram a sua vinda. ” (2 Timóteo 4: 7-8) Em nome de Jesus Cristo, Amém!


Source by Dr. Shirley Cheng

About admin

Check Also

Por que devemos contratar prática de direito da família

O direito da família pode ser definido como uma prática que se preocupa intimamente com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *